Voltar

Notícias

Inscrições para jovem aprendiz da Tupy podem ser feitas até dia 19 de janeiro

Notícias

4 de janeiro de 2022

São 90 vagas para candidatos de 18 a 22 anos, cursando ou com Ensino Médio completo e disponibilidade de segunda a sexta-feira, em horário comercial

 

Os interessados em participar do processo seletivo para jovem aprendiz na Tupy podem se inscrever até dia 19 de janeiro. A multinacional brasileira, com sede em Joinville, abriu processo seletivo para o programa Jovem Aprendiz, realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Os selecionados terão formação teórica gratuita, em Qualidade e Usinagem, e prática, que é realizada na Empresa com duração de um ano.

 

Os jovens aprendizes recebem remuneração de R$ 1.363,00 e têm benefícios como transporte, alimentação e convênio odontológico, além de seguro de vida, brinde de Natal e desconto em folha para compras de medicamentos e supermercado.

 

As inscrições vão até 19 de janeiro pelo site da Tupy. O processo seletivo contará com etapas online e presenciais e a previsão é que a contratação e o início do curso no Senai sejam em março. Para todas as vagas da Tupy são aceitos currículos de Pessoas com Deficiência (PCDs).

 

Sobre a Tupy

Multinacional brasileira que desenvolve e produz componentes estruturais em ferro fundido de elevada complexidade geométrica e metalúrgica. Essas soluções de engenharia são aplicadas nos setores de transporte, infraestrutura, agronegócio e geração de energia e contribuem com a qualidade de vida das pessoas, promovendo o acesso à saúde, ao saneamento básico, à água potável, à produção e distribuição de alimentos, ao comércio global. A inovação tecnológica envolvida na produção e na criação destas peças é a especialidade da empresa, em seus mais de 80 anos de história. Sua produção se concentra nas fábricas brasileiras, em Betim/MG, Joinville/SC e Mauá/SP, e no exterior, nas cidades de Aveiro, em Portugal, e em Saltillo e Ramos Arizpe, no México. Além disso, possui escritórios comerciais na Alemanha, Brasil, EUA e Itália.

Imprensa

Subir